A fábrica de automóveis de Palmela, uma das mais importantes da Europa, adquire 2 modelos ONA (AV35 e QX4) para a sua área de prensagem e estampagem de peças

\ A ONA moderniza o parque de máquinas de eletroerosão da Volkswagen Autoeuropa

\ A fábrica de automóveis de Palmela, uma das mais importantes da Europa, adquire 2 modelos ONA (AV35 e QX4) para a sua área de prensagem e estampagem de peças

\ De todos os fabricantes de eletroerosão considerados pela fábrica, a ONA destacou-se “graças à sua excelente relação qualidade-preço” e “ao acompanhamento comercial e técnico ao longo de todo o processo de venda”

Volkswagen Autoeuropa (Portugal), una de las fábricas de automóviles más modernas e importantes de Europa, escogió a ONA para modernizar su parque de máquinas de electroerosión en el área de prensas y estampación. Sustituyó dos modelos obsoletos que poseía de otra marca por las máquinas ONA AV35 (electroerosión por hilo) y QX4 (electroerosión por penetración).

A Volkswagen Autoeuropa (Portugal), uma das fábricas de automóveis mais modernas e importantes da Europa, escolheu a ONA para modernizar o seu parque de máquinas de eletroerosão na área da prensagem e estampagem. Substituiu dois modelos obsoletos que possuía de outra marca pelas máquinas ONA AV35 (eletroerosão por fio) e QX4 (eletroerosão por penetração).

Os equipamentos de maquinação por descarga elétrica (EDM) desempenham um papel fundamental no fabrico das peças estampadas da unidade de produção de Palmela. O frequente desgaste e/ou rotura das matrizes torna imprescindível uma resposta rápida de maquinação para a sua imediata reposição, de forma a garantir a produtividade da área e, consequentemente, da fábrica. Há que ter em conta que todos os dias saem da Autoeuropa mais de 800 veículos, na sua maioria Volkswagen T-Roc, apesar de ali também se produzirem os modelos Sharan e Seat Alhambra.

Tal como assegurou um dos engenheiros da manutenção de estampagem da fábrica em Portugal, de todos os fabricantes de eletroerosão considerados, a ONA destacou-se “graças à excelente relação qualidade-preço” dos seus equipamentos. Tratou-se também da empresa que ofereceu o “melhor acompanhamento comercial e técnico ao longo de todo o processo”. “Pudemos visitar máquinas semelhantes de outros clientes da ONA em Portugal e também tivemos a oportunidade de visitar a fábrica da ONA, onde conhecemos alguns dos novos projetos de fabrico de máquinas”, realçou a Autoeuropa.

Com a instalação das máquinas ONA de eletroerosão AV35 e QX4 nas áreas de prensagem e estampagem da fábrica, “não só se eliminou o risco de inatividade devido à incapacidade de maquinar peças específicas para a área, como também se incrementou e otimizou a capacidade de produção”, concluíram.

Recentemente, solicitámos à Volkswagen-Portugal que nos avaliasse enquanto fornecedor de equipamentos de eletroerosão. Atribuíram-nos uma pontuação de 9,4 em 10, o que faz de nós um fornecedor do tipo A.

\ Entre as melhores empresas do mundo

A Volkswagen Autoeuropa constitui atualmente o maior investimento industrial estrangeiro em Portugal. A fábrica de Palmela, próxima do porto de Setúbal, a sul de Lisboa, conta com uma área de 2.000.000 m2, emprega 5.800 pessoas e desde o início de 2019 até ao passado dia 13 de novembro, atingiu o máximo histórico de 226.972 automóveis fabricados, ultrapassando a produção total registada em 2018 (223.200 unidades), o que constitui um marco importante. Prevê-se que até ao final do ano se alcancem as 254.000 unidades.

O Grupo Volkswagen está entre as maiores empresas do mundo. Conta com 122 unidades de produção e aproximadamente 665.000 funcionários à escala global. Os seus automóveis são comercializados em 153 países.

Em caso de qualquer dúvida ou consulta relacionada com a eletroerosão, entre em contacto connosco. Responderemos em até 48 horas.

CONTATO